Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Rússia diz que mísseis americanos na Polónia "não ajuda a confiança".

Um soldado americano está ao lado de uma bateria de mísseis Patriot terra-ar, em uma base militar em Morag em 26 de maio de 2010. 
Foto: Wikipedia.org
                          
(Reuters) - A Rússia criticou na quarta-feira os Estados Unidos pela "instalação de mísseis Patriot na Polônia, dizendo que o movimento não contribue para a segurança ou confiança.

Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros disse: "Essa atividade militar não ajuda a fortalecer nossa segurança mútua, a desenvolver relações de confiança e previsibilidade na região."

Uma bateria de mísseis Patriot terra-ar chegou em 26 de Maio à Polônia e estava a ser implantados no norte do país, perto da fronteira com o enclave russo de Kaliningrado.

"Nós temos afirmado repetidamente que não entendemos a lógica e o senso de cooperação entre os Estados Unidos e a Polónia neste domínio," disse a chancelaria russa .

"Tomamos nota com pesar que nossas perguntas ao governo polonês e aos Estados Unidos tem ficado sem respostas, bem como os nossos argumentos em favor de temporariamente deslocar a região de implantação e distanciar o tanto quanto possível das fronteiras da Rússia."


Sistemas de mísseis Patriot instalados em Morag na Polônia. 
Foto: Wikipedia.org

Não há nenhum indício de qualquer mudança imediata ou retaliação por parte da Rússia em face da implantação dos Patriots no comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A bateria, patrulhada por até 150 soldados americanos, vai ficar estacionada por aproximadamente um mês, quatro vezes por ano em Morag, no norte da Polônia, perto de Kaliningrad. Sua missão principal declarada é capacitar o pessoal militar polonês.

A Rússia está cautelosa sobre o envio de tropas e equipamento militar americano perto de suas fronteiras, apesar de em janeiro seu ministério de defesa negar sugestões de que poderia aumentar a sua frota naval no Báltico, em resposta à implantação dos Patriots na Polônia.

Moscou se baseia fortemente em seus mísseis nucleares estratégicos de defesa, devido ao mau estado das suas forças convencionais, por isso, é particularmente sensível a qualquer implantações de sistemas anti-mísseis, como o Patriot.

(Reportagem de Dmitry Solovyvov, escrito por Michael Stott)

Fonte: http://www.reuters.com/article/idUSTRE64P1AU20100526

A Rússia possui o único sistema operacional de defesa de mísseis balísticos do mundo. Esta animação mostra um míssil balístico lançado da China que é, então, detectado no espaço e por radar em terra antes de a ogiva é interceptado. Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology