Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

quarta-feira, 25 de abril de 2012

China pretende desenvolver trens de alta velocidade ainda mais rápidos.

Publicado por dinamicaglobal.wordpress.com em 20 de abril de 2012.

Foto mostra trem de alta velocidade em fase de testes de Beijing a Tianjin em 31 de Julho de 2008. 
foto: buildaroo.com
 
China otimizará as tecnologias relacionadas a elevar a velocidade de seus trens de alta velocidade, segundo um comunicado dado a conhecer na quarta-feira pelo Ministério da Ciência e Tecnologia do país.

Até fins de 2012, China concluirá a construção de 16.000 quilômetros de vias para trens de alta velocidade, estipula o plano especial para o desenvolvimento da tecnologia de trens de alta velocidade do país, durante o período do XII Plano Quinquenal (2011-2015), publicado na página web da mencionada agenda.

O plano tem como objetivo assegurar o desenvolvimento sustentável da tecnologia chave dos trens de alta velocidade e também fortalecer a segurança de suas vias sobre a base da inovação independente.

Segundo o documento, se requerem esforços para melhorar as tecnologias sistemática, inteligente e de economia energética dos trens de alta velocidade. O programa também revela que a China investigará e desenvolverá os produtos relacionados ao trem de alta velocidade para a exportação.

Mas mesmo assim, o plano fixa metas para a investigação e inovação em matéria de tecnologia de motores magnéticos permanentes para o sistema de electricidade dos trens, ao que, de acordo com Ding Rongjun, especialista da Academia de Engenharia da China, contribuiria consideravelmente à economia da energia.

Simultaneamente, esta tecnologia inteligente permitiria dirigir o controle de velocidade dos trens, a avaliação das condições e as operações de detecção de falhas de modo digital, expressou Ding, citado pelo diário local Beijing News em sua edição de quinta-feira (19/04).

fonte: China.org.cn

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology