Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

terça-feira, 24 de agosto de 2010

O Irã testou seu novo míssil Qiam-1.


Míssil Qiam-1 superfície-superfície. Foto: alef.ir
 A República Islâmica do Irã realizou testes de um novo míssil da classe "terra-terra", informou a agência iraniana de notícias ISNA. 

 "Graças aos esforços de especialistas do departamento de aeronáutica do Ministério da Defesa do Irã foram exitosos os testes com o míssil Qiam-1 (Insurreição), que representa uma nova geração dos mísseis" terra- terra", opera com combustível líquido e foi totalmente projetado e montado no Irã", a agência cita as palavras do ministro iraniano da Defesa, o general Ahmad Vahidi. 

 O general disse em particular que o projeto do Qiam-1 dificulta a sua detecção pela defesa antimísseis. E que a ausência de estabilizadores, permite reduzir o tamanho do míssil e melhorar a manobrabilidade. "O Qiam-1 é capaz de destruir alvos com grande precisão, ele disse. 

 A agência não fornece as características técnicas do míssil nem a data do seu lançamento. 

 Mas, segundo a versão eletrônica do jornal iraniano Tehran Times, o novo míssil Qiam-1 e o Fateh 110 (de curto alcance, 150 a 200 km), seria lançado em 22 de agosto, o Dia da Indústria da Defesa do Irã. A partir dessa data Teerã planeja realizar testes de várias armas, no decurso de uma semana. 

 Em abril último, as autoridades iranianas anunciaram o início da produção em massa de foguetes antiaéreos de última geração "Mersad" capaz de derrubar aeronaves modernas a altitudes baixas e médias. O ministro da Defesa disse na época que um número significativo destes mísseis serão incluídos nos arsenais das Forças Armadas do país já em 2010. 

 No início de julho, Vahidi Teerã anunciou planos para desenvolver o seu próprio míssil de longo alcance para ser usado como garantia de segurança passiva do espaço aéreo. 

 De acordo com especialistas, o Irã tem  realizado energicamente diversos testes com novas armas com finalidades de demostração de força diante de uma provável tentativa de pressão exercida por países ocidentais, principalmente os Estados Unidos, que impôs sanções unilaterais contra a República Islâmica. As sanções afetam principalmente o setor de hidrocarbonetos do Irã e empresas iranianas suspeitas de terem a ver com o desenvolvimento de programas de mísseis. 

 O Conselho de Segurança da ONU aprovou em 09 de junho deste ano, a quarta resolução sobre o Irã, que prevê endurecer as sanções anteriormente impostas porque Teerã não cumpriu a exigência da comunidade internacional no que tange o esclarecimento de alguns aspectos do seu programa nuclear, incluindo seu componente militar. 




Fonte: http://sp.rian.ru/onlinenews/20100820/127527389.html
Fotos do lançamento: http://alef.ir/1388/index.php?option=com_content&task=view&id=80785&Itemid=99999999
Video do lançamento: http://www.nowpublic.com/world/iran-test-fires-new-missile-qiam-fri-20-aug-2010
Sobre os testes de mísseis iranianos: http://www.b14643.de/Spacerockets_1/Diverse/Sejil/Sejil.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology