Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O sistema de defesa aeroespacial blindará a Rússia dos mísseis da OTAN.

Publicado por dinamicaglobal.wordpres.com em 5 de fevereiro de 2012 

Míssil Surface-to-Surface (SSM) da OTAN, desenvolvido pela Kongsberg Defense & Aerospace. foto: www.amiinter.com
 O futuro sistema de defesa aeroespacial garantirá à Rússia uma proteção eficaz perante a ameaça que representa ao país os mísseis da OTAN, afirmou o vice-presidente do Governo russo, Dmitri Rogozin.

Rogozin, na condição de embaixador da Rússia na Aliança Atlântica, lamentou em seu twitter que durante a Conferência de Segurança de Munique Moscow e a OTAN não alcaçaram um acordo sobre o escudo anti-mísseis na Europa.

 O vice-primeiro ministro russo citou o secretário geral da aliança, Anders Fogh Rassmusen, quem declarou que a OTAN continuará com a implantação do escudo anti-mísseis porque sente “a grande responsabilidade de defender à população” dos países aliados.

 “Nós também sentimos a responsabilidade de defender a nossa população dos seus mísseis e criaremos um sistema eficaz de defesa aeroespacial”, escreveu Rogozin.

Localização da defesa atual da Rússia contendo mísseis e radares.
 Rússia e OTAN concordaram cooperar no projeto do escudo anti-mísseis na Europa durante a cúpula de Lisboa celebrada em novembro de 2010. No entanto, as negociações se viram estagnadas por falta de garantias jurídicas por parte dos EUA de que tal sistema não seria apontado ao potencial estratégico da Rússia.

 No final de novembro passado, o presidente russo, Dmitri Medvédev, anunciou um conjunto de medidas de índole militar e diplomática que Moscow prevê adotar em resposta à construção do escudo anti-mísseis na Europa.

Fonte: http://sp.rian.ru/international/20120205/152641621.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology