Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

sábado, 7 de agosto de 2010

Estados Unidos não cumpre com os seus compromissos na questão da não proliferação de armas de extermínio em massa.

 Russia afirmou que Estados Unidos descumpre com uma série de compromissos derivados do acordo de armas estratégicas ofensivas START-1, tratados internacionais sobre a proscrição de armas químicas, biológicas e outros documentos sobre a não proliferação de armamento de extermínio em massa.

 A chancelaria russa recordou este sábado que Moscow, durante a vigência do Tratado START-1, manifestou mais de una vez sua preocupação  por "transformação não autorizada de cinco silos de lançamento de mísseis balísticos intercontinentais (MBI), situados no polígono de Vandenberg, em lançadores de mísseis interceptores, o que contradiz com as cláusulas do Tratado".


A Base Aérea de Vanderberg é uma instalação militar em Santa Bárbara, Califórnia. Abriga a Missile Defense Agency responsável pelo lançamento de satélites para organizações comerciais e militares, e pelos testes de mísseis balísticos intercontinentais, incluindo oICBM Minuteman III.

 Outro assunto "pendente", segundo o comunicado que se publica hoje na web de Exteriores, "a habilitação de bombardeiros pesados B-1 para armas convencionais", pois os Estados Unidos nunca deram a Rússia provas convincentes se esse procedimento impede transformar os B-1 outra vez em portadores de armamento nuclear.

 No período de 1996-2001, os Estados Unidos perdeu 1.500 fontes de radiação ionizante por descumprimento de normativas de armazenamento de materiais radiativos, consta no documento. A chancelaria russa menciona em particular os incidentes que ocorreram em 2004, na empresa californiana Pacific Gas and Electric Company, e em 2005, na companhia Ground Engineering Consultants, no Colorado.


Arsenal Nuclear Americano divulgado no Bulletin of the Atomic ScientiStS  | WWW.theBulletin.oRG  MAY/JUNE 2010. Clique na imagem para ampliar.

 Mesmo assim, lembra que um grupo de narcotraficantes teve acesso a dados classificados graças a um vazamento que ocorreu no laboratório nuclear estadounidense de Los Álamos, em outubro de 2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology