Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

sábado, 7 de agosto de 2010

A Rússia testa com sucesso dois mísseis balísticos Sineva.

Missil Balistico Intercontinental lançado por submarino.

 A Rússia testou com sucesso dois mísseis balísticos intercontinentais lançados por submarino (SLBM), apontados como prova da confiança das forças nucleares estratégicas da Marinha.

 Os mísseis Sineva (Skiff SS-N-23, segundo a classificação da OTAN) foram disparados a partir do submarino nuclear Tula no Mar de Barents, para alcançar o alvo a uma distância de 10.000 kilometros em uma região do polígono Kura, no extremo oriente, informou a AFP.

 "As ogivas atingem seus alvos no momento esperado",informou a agência de notícias Interfax ao citar o que disse um porta-voz do Ministério da Defesa ao jornal.

 Este lançamento "voltou a confirmar a fidelidade deste míssil modernizado que, segundo os líderes da armada russa, deve garantir a segurança nacional até 2020".
 A versão modernizada do míssil RSM-54 Sineva, fornecido à marinha russa desde 2007, consiste em três etapas, pode ser lançado a partir de profundidades de até 55 metros e tem um alcance máximo de 8.300 km foi considerado o melhor projétil do mundo para a relação entre a massa da ogiva (2,8 toneladas) e o peso total do míssil (mais de 40 toneladas) no momento da decolagem.


 Segundo os especialistas, os mísseis Sineva - que foram postos em serviço em 2007 pelo exército russo - podem transportar até 10 ogivas nucleares. "as ogivas do míssil destruiram o alvo convencional", afirmou um oficial ao dar por "cumpridas em cem por cento" as tarefas do teste. 


Missil balístico Sineva implantado em submarinos.

 A notícia vem com os preparativos dos militares americanos para ativar um escudo antimísseis no sul da Europa.

 Autoridades do Pentágono disseram que estão se aproximando de um acordo para estabelecer uma importante estação terrestre de radar, provavelmente na Turquia ou na Bulgária, The Washington Post informou anteriormente.

 "A instalação do radar banda-X de alta potência permite que a primeira fase do escudo se torne operacional no próximo ano", acrescentou o relatório.


Fontes:

http://www.islamidavet.com/english/2010/08/07/russia-tests-two-ballistic-missiles/
http://sp.rian.ru/onlinenews/20100807/127396485.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology