Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Rússia vai reforçar a sua frota do Mar Cáspio.

Fragata anti-submarino Tatarstan da frota russa do Mar Cáspio. Foto: ship.bsu.by

 A frota russa do Mar Cáspio vai receber 16 novos navios de guerra até 2020, disse o Comandante da Marinha russa, Vladimir Vysotsky. Também está prevista a implantação de sistemas de mísseis costeiros na área.

 Falando em uma sessão da Câmara Marítima do governo russo na quarta-feira, Vysotsky disse que a frota militar baseada no mar Cáspio será dotada de "pelo menos 16" novos navios até 2020, relatou a agência Interfax.

 Somente neste ano, a unidade receberá os mísseis para reforçar os navios "Tartaristão"e "Volgodonsk", assim como receberá outros três navios de assalto.

Divisão do Mar Cáspio e suas fronteiras marítimas.
mapa: www.talish.info

 Também está prevista a extensão do cais no porto da capital do Daguestão, Makhachkala. Desta forma, a frota será composta por duas unidades: uma baseada em Makhachkala e outra em Astrakhan - uma cidade portuária situada no delta do rio Volga.

 Além disso, a Marinha russa implantará novas unidades de mísseis costeiros e grupos de aviação nessa região estrategicamente importante e rica em petróleo do país.

 Vysotsky acrescentou que a frota do Cáspio até agora tem estado a trabalhar com êxito para garantir a segurança das empresas russas que operam na zona e vai continuar fazendo isso no futuro.

 O Mar Cáspio é extremamente rico em recursos naturais. Segundo estimativas, há cerca de 18 bilhões de toneladas de hidrocarbonetos contidos em seu leito, o que é comparável com os depósitos no Golfo Pérsico.

 Em abril do ano passado, a Rússia explorou o primeiro campo de petróleo no Mar Cáspio, o offshore Yu. Korchagin, dentro do território do país.

 O Mar Cáspio é também o lar de cerca de 80 por cento do esturjão do mundo, tendo as três variedades mais valiosas e raras de caviar - Beluga, Osetra e Sevruga.

 O mar é compartilhado entre cinco países: quatro ex-repúblicas soviéticas - Rússia, Cazaquistão, Azerbaijão e Turcomenistão - e Irã.


Fonte: http://rt.com/politics/caspian-fleet-missiles-warships/
Detalhes: http://www.warships.ru/Russia/Fighting_Ships/Anti_Submarine_Ships/1166_1.html

Distribuição da Marinha Russa pelos mares:


Frota do Mar Báltico
Base Principal: Baltiysk

5 Navios de guerra
20 Lanchas e lança-minas 
4 Barcos de desembarque
2 Aerodeslizadores de desembarque 
3 Submarinos diesel 

Frota do Norte
Base Principal: Severomorsk

10 Navios de guerra
11 Submarinos estratégicos 
17 Submarinos nucleares
8 Submarinos diesel
20 Lanchas e lança-minas
5 Barcos de desembarque
1 Porta-aviões Kuznetsov

Frota do Mar Negro
Base Principal: Sebástopol

4 Navios de guerra
16 Lanchas e lança-minas
7 Barcos de desembarque
2 Aerodeslizadores lançamísseis

Frota do Mar Cáspio
Base Principal: Astracán

2 Lanchas e barcos de artilharia
3 Lança-minas
2 Aerodeslizadores de desembarque 
4 Lanchas lançamísseis

Frota do Pacífico
Base Principal: Vladivostok

8 Navios de guerra
5 Navios de desembarque
19 Lanchas e lança-minas
5 Submarinos estratégicos
13 Submarinos nucleares
8 submarinos diesel

Fonte: Ria Novosti


Leia também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology