Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

domingo, 27 de novembro de 2011

OTAN x Rússia: o Xadrez Europeu.


Charge mostra o urso russo questionando o presidente Bush após a guerra da Geórgia:
Você não tem uma guerra brutal e estúpida de sua preferência para ir?

 Se há alguém que apenas evoca a nova ordem mundial, acreditando que a Guerra Fria foi enterrada completamente, melhor rever seus conceitos. Já não é novidade que a OTAN está cercando o território da Rússia, lenta e inexoravelmente, com armas de destruição em massa, desde a queda do bloco soviético.

 Essa atitude da OTAN, obviamente fruto de mentes egocêntricas, tende a agravar uma situação já delicada, que muitos no mundo estão ignorando: a atitude do Ocidente de ignorar os legítimos protestos da Rússia e cercá-la completamente com suas armas de destruição em massa, que não tem outro objetivo se não causar terror e medo no povo russo, nos seus militares e aliados.

 A pergunta é se a Rússia é hoje uma ameaça a alguém. Por que ninguém acorda de manhã preocupado com a "ameaça russa", obviamente que não. Então, porque cercar esse país com sistemas de mísseis a antimísseis?

 A resposta reside no fato de ser a OTAN uma aliança extravagante, ligada ao lobby da indústria armamentista. Na ausência de alguma guerra, criam guerras para gastar armas e justificar o poder militar e sua dominação no mundo. O exemplo da Líbia foi claro: A OTAN entrou para mostrar ao mundo seu portfólio de armas em ação de combate, para propagandear suas novas armas.

A Rússia reclama o equipamento de radar da OTAN na Turquia. Foto: www.radartutorial.eu

 Mas, se o Ocidente crê que a Rússia se prostrará, tal como fez na década de 90 sob o traidor Yeltsin, aqui está a resposta do Kremlin:

 É preciso compreender claramente que qualquer sistema de armas não é uma panaceia contra todos os males. A instalação deste complexo é apenas uma das medidas de contraposição ao sistema de defesa antimíssil dos EUA na fronteira com a Federação Russa. O Ministério da Defesa já avisou que a Marinha de Guerra será reforçada, será cancelada de uma das divisões das Forças Balísticas Estratégicas, será aumentada a aviação de médio e longo raio de ação. (Konstantin Sivkov).

DIRETO DE MOSCOU - PRESIDENTE MEDVEDEV :

 Encarreguei o Ministério da Defesa da Rússia de colocar imediatamente em estado de combate a estação de radares do sistema de advertência de ataque de mísseis na cidade de Kaliningrado. Em segundo lugar, no âmbito da criação do sistema de defesa aéreo-cósmica da Rússia, prioritariamente será fortalecida a cobertura de estruturas das forças nucleares estratégicas. Em terceiro, os mísseis balísticos estratégicos, que integram o armamento das Tropas Estratégicas Balísticas e da Marinha de Guerra, serão equipados com complexos promissores, que permitirão a superação da DAM, e novos blocos de combate altamente eficientes. Quarto, coloquei às Forças Armadas a tarefa de elaborar medidas que garantam, se necessário, a destruição dos meios de informação e direção do sistema DAM. As medidas indicadas são adequadas, eficazes e pouco dispendiosas.

 O Ocidente devia se preocupar com sua própria crise econômica e parar de gastar dinheiro com o lobby armamentista. curioso, os usa e os demais tem dinheiro para o escudo antimísseis na Europa, mas para arrumar as próprias economias, não, não têm dinheiro.

Plataforma de radar marítimo na Turquia para vigiar espaço aéreo russo.

 E agora, querendo desviar a atenção do mundo, trazem de volta o mito de que a Rússia é o problema de todos.

 Ok, se o ocidente quer problema, vão ter um bem grande.

 Perguntem aos assassinos georgianos o que aconteceu com eles quando provocaram a Rússia.

 No caso de um deles ter conseguido escapar dos tanques russos, é claro...

"akhorus"


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology